19 dezembro 2011

+ Futebol

Domingo, minhas teses sobre futebol ficaram comprovadas com a vitória do Barça sobre o pobre Santos. Fiquei contente, não pela derrota do time do Santos, que é muito ruim, mas porque percebi que minhas opiniões sobre o fenecimento do futebol brasileiro estão corretas.
Qualquer outro time brasileiro que jogasse com o Barcelona teria destino semelhante ao Santos. Os espanhóis jogam como jogava a seleção brasileira de 1970 e de 1982 e o Santos joga como time europeu antigo. Os espanhóis trocam passes o tempo todo, até os defensores trocam passes, nem o goleiro dá aquele chute característico para o campo adversário, ele passa a bola para o defensor mais próximo e a bola vai de pé a pé até o ataque. Fora isso a qualidade dos jogadores é muito superior à dos brasileiros.
O fato de nossos jogadores serem de segunda linha leva a CBF a marcar amistosos com times como Gana, sem expressão nem na África, e não marcar amistosos com seleções tradicionais.
Messi: além de ser um craque, ajuda o time correndo de um lado para outro para tentar tirar a bola do adversário, diferentemente do que fazem os brasileiros que se excedem em individualismo e se limitam a fazer caretas, mas não se doam ao conjunto.
Técnico Muirici: é o espelho dos técnicos brasileiros modernos. Antigamente os técnicos montavam estratagemas para ganhar, os técnicos brasileiros modernos armam o time para não perder, assim como faziam os europeus, antigamente, quando jogavam com o Brasil, ele colocou muitos defensores e dois atacantes.
Porque Messi não tem o mesmo desempenho que tem no Barça quando joga pela seleção argentina? Simples: a seleção argentina é tão ruim quanto a brasileira e não tem jogadores com a qualidade dos jogadores do Barcelona. Se Brasil ou Argentina jogassem contra o Barcelona, teriam o mesmo destino do Santos.
Entrevista do técnico Guardiola a um repórter brasileiro:
- Nós jogamos como vocês jogavam antigamente.
Como a seleção espanhola utiliza quase todos os jogadores do Barcelona, prevejo que, na copa de 2014 no Brasil, apresentem futebol semelhante. Como até a copa nada vai mudar, já elegi minha seleção favorita: Espanha, a seleção de futebol mais brasileira que há.

1 comentários:

Siegfried Emmelmann disse...


Hello! Do you use Twitter? I'd like to follow you if that would be okay. I'm definitely enjoying your blog and look forward to new posts. sign in hotmail

Postar um comentário